quinta-feira, 2 de novembro de 2006

O Resgate da memória...




Duas equipas chinesas vão subir tentar resgatar o corpo do Alpinista e Escoteiro Bruno Carvalho. Esta é a informação oficial do gabinete do secretário de Estado das Comunidades, António Braga.

O Banco Millenium BCP que patrocinou a expedição, disponibilizou-se para apoiar (pagar) os custos de qualquer iniciativa de resgate do corpo do Bruno.

O Bruno Carvalho era um dos valores confirmados do alpinismo português e participava numa iniciativa que consiste na conquista do topo das 14 montanhas com mais de oito mil metros de altitude para inscrever o nome de Portugal no clube restrito que já alcançou este feito.

Além disso era há mais de 20 anos Escoteiro da Associação dos Escoteiros de Portugal onde, aliás, conheceu o gosto pela Escalada.

Fundou em conjunto com outros apaixonados da "verticalidade a A Associação de Desportos de Aventura "Desnível" (www.adesnivel.pt) de que era ainda hoje um membro muito activo e dinamizador.A evolução da Desnível tem sido marcada por ciclos diversos e o Bruno integrou um grupo de praticantes que investiu fortemente no desenvolvimento da Associação, simultaneamente com o início do aumento em exponencial de associados, a partir do início de 2001. Grupo esse em que se integraram igualmente na Desnível o Rui Rosado e a Ana Silva, e posteriormente, noutro ciclo, o Hélder Santos, assim se constituindo em torno do João o grupo de amigos e colegas desta expedição ao Shisha Pagma.

Ligada à Associação Desnível está também Sílvia Araújo, antiga Escoteira e Dirigente do Grupo 11.

Rapidamente se tornou um escalador e alpinista de topo em Portugal, vivendo a essência da pratica destas modalidades até ao mais profundo do seu ser, não apenas como um desporto ou actividade ocasional, mas como uma forma de viver. Muitos serão os que o conheceram como um dos principais profissionais ligados ao rocódromo, durante diversos anos, ou em estágios e saídas de montanha.

Representou o que a aventura tem de mais característico e autêntico nestas modalidades que nos são queridas, merecendo, no caso da expedição Shisha Pangma, um forte suporte institucional, demonstrando que em Portugal a Aventura ainda está na nossa alma e é apoiada, numa época em que é mais usual aplaudir os aventureiros de outros séculos do que expormo-nos aos desafios de agora, vivendo essa Aventura da forma mais pessoal e autêntica, que fica sobretudo no segredo da memória de cada um.

Nos Escoteiros é recordado como um grande aventureiro, que inspirava grande segurança aos seus elementos que depositavam grande confiança no seu "chefe". Era dono de um conhecido sentido de humor apurado e de uma descontração e humildade que nem faziam parecer o grande Alpinista e formador que era.

O blogonze continuará a acomapanhar todos os esforços para trazer o Bruno para casa dará conhecimento de iniciativas em sua memória que se venham a realizar.

Todas as mensagens de solidariedade e tributo à memória do Bruno deixadas aqui no BLOGONZE serão posteriormente entregues à Chefia do Grupo 93 de sintra, na pessoa do seu Escoteiro Chefe de Grupo, Manuel Mealha. Este cargo já foi no passado ocupado pelo próprio Bruno Carvalho.

Na Reunião de Sabado do Grupo 11, a Escoteira Chefe de Grupo, Ana Isabel Ferreira, irá evocar a memória do Bruno, pelo que se pede pontualidade à formatura!

O Grupo irá associar-te a todas a iniciativas em memória do Bruno, fazendo-se sempre representar.

Bruno Carvalho morreu aos 31 anos, depois de concretizar o seu sonho de uma vida: A conquista do cume do Shisha Pangma (8013m). Parabéns.


JP

5 comentários:

diogo_Clã disse...

É nestas alturas que nos alegra um pouco saber que neste mundo ainda há uma inter ajuda, que acredito que esteja a ser brutal para resgatar a memória de um irmão alpinista/escoteiro.
Quer em nome do Highland Clan quer em nome individual presto as minhas sentidas homenagens, o sempre escoteiro Bruno Carvalho, é sem duvida um exemplo a seguir quer como Escoteiro quer como Alpinista.

blogonze disse...

Fui informado pelo Manuel Mealha que haverá, em nome da família, uma Missa na Igreja de S. João de Brito em Lisboa (Av. da Igreja) no Sábado dia 4 de Novembro pelos 17h. Todos os que queiram prestar um conforto à família do Bruno têm aqui uma boa oportunidade...

JP

Luis Piecho disse...

Irmãos,

Foi com grande tristeza que recebemos a notícia da morte do Bruno, no cume do
mundo correndo atrás do sonho.

A Junta Regional de Luanda da Associação de Escuteiros de Angola apresenta, aos Escuteiros da AEP e à familia do Bruno Carvalho, sinceras e sentidas condolências.

Os Escuteiros de Angola vão lembrar-se dele nas suas orações de hoje.

Saudações Escutistas,

Luis Piecho

cata disse...

e com mt tristeza que recebo esta noticia

espero k as equipas chinesas consigam resgatar o corpo de Bruno Carvalho.

O Blog do DEC'as disse...

Caros Companheiros...

é com muita tristeza que soube da notícia.... algo que nos faz sentir tão pequenos neste mundo. Alguém que procura um sonho de largos anos e assim parte para junto de BP...
Descansa em paz amigo....

Grupo 205 envia a todos os seus familiares e pessoas mais próximas as mais sinceras e sentidas condolências